Notícias

COLÓQUIOS, SEMINÁRIOS, CONFERÊNCIAS

  • A partir de maio de 2021,

> Carlos de Oliveira: 100 anos do nascimento
Revisitando a obra do poeta da Gândara

19 e 20 de maio de 2021
Cátedra Carlos de Oliveira Romanisches Seminar

O programa e outras informações sobre o Colóquio estão disponíveis em https://dlf.uzh.ch/sites/coloquiocarlosdeoliveirazurique/

 

> Mensagem de João Ribeirete – representante do Instituto Camões na Argentina e responsável pelos Assuntos Culturais da Embaixada de Portugal em Buenos Aires:

 “Vamos ler coletivamente toda a obra ficcional de Carlos de Oliveira, no ano do seu centenário, um livro por mês: cinco livros, cinco meses. Vamos procurar que esta maratona argentina de leituras se articule de diferentes formas com o ciclo de conferências “Em torno de Gisandra: no centenário do nascimento de Carlos de Oliveira (1921-1981)”, organizado pelo CLEPUL e pelo Leitorado do Camões IP em Newcastle, e com o Colóquio Internacional “Carlos de Oliveira: 100 anos do nascimento”, organizado pela Cátedra de Estudos Portugueses “Carlos de Oliveira” da Universidade de Zurique.  Deste modo, no dia mundial da língua Portuguesa (5 de maio) vamos começar a ler Uma Abelha na Chuva, que nos tomará todo o mês de maio. Em junho será a vez de Casa na Duna. Em julho leremos Pequenos Burgueses. Em setembro, Alcateia e em outubro terminaremos com a leitura integral de Finisterra.”

Formato somente on line. Não haverá encontros presenciais.

 

 

  • No segundo semestre de 2021

> Ciclo de Conferências Carlos de Oliveira

Faculdade de Letras – CLEPUL – Universidade de Lisboa

https://100carlosdeoliveira.wixsite.com/conferencias

 

 

  • De 24 a 26 de agosto de 2021,

> Colóquio Centenário de Carlos de OliveiraÀ mesa de Carlos de Oliveira

Instituto de Letras – NEPA UFF e Programa de

Universidade Federal Fluminense – UFF

Inscrições gratuitas em:
Programação também no site.

 

  • Ciclo de Conferências Carlos de Oliveira

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfwC8Ps8VNZsuYb6xbhr85ksRwCTIp7QY4MB8PWWaWzD9iQ0w/viewform

O propósito deste ciclo de conferências é o de, por um lado, percorrer lugares bastante frequentados da obra de Carlos de Oliveira, submetendo-os a perspetivas críticas novas. É o caso das intervenções de Pedro Serra, da Universidade de Salamanca, (Espanha) e de Eduardo Sterzi, da Universidade Estadual de Campinas (Brasil). Mas as conferências visitam ainda o espólio do autor, no caso de Ricardo Namora, e interrogam a sua presença, e ausência, nos programas escolares, no caso de Rui Mateus, ambos membros do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra.

 

 

  • Colóquio Novos Itinerários 

Caro, Cara

É com enorme gosto que o/ a convidamos a assistir à próxima iniciativa da Cátedra Carlos de Oliveira e do Romanisches Seminar da Universidade de Zurique, ‘Novos itinerários: workshop de outono em homenagem a Carlos de Oliveira’. Este encontro será presencial, mas também transmitido via Zoom, e terá lugar nos próximos dias 19 e 20 de novembro. Por questões de organização, pedimos que se inscreva através deste link: http://www.bit.ly/coloquiocarlosdeoliveirazurique .

O programa em anexo e outras informações sobre o workshop estão disponíveis em https://dlf.uzh.ch/sites/coloquiocarlosdeoliveirazurique/

Esperamos reencontrá-lo/a em breve!

Cordialmente,

Joana Serafim

Cátedra Carlos de Oliveira

Universität Zürich
Romanisches Seminar
Zürichbergstrasse, 8
CH – 8032 Zürich

 

 

CHAMADAS DE PUBLICAÇÃO

image.png
  • Chamada: Revista “Metamorfoses”, UFRJ, n. 18.2

NO CENTENÁRIO DE CARLOS DE OLIVEIRA

O que cabe nos 100 anos de Carlos de Oliveira?

O nascimento no Brasil, em Belém do Pará, e o imaginário da floresta; a formação do escritor em Portugal, em tempo de ditadura. A atenção ao real histórico e o inalienável compromisso com o rigor poético; versos plebeus e necessários, e uma promessa de beleza por cantar; as estrelas e a noite que elas não eliminam, mas iluminam; a paisagem da Gândara e uma imagem do cosmos; o vínculo com o Neorrealismo e a elaboração de uma voz singular, no labor das palavras; a conversão do mundo – de tudo – em escritura, cartografia movente, voo sobre aridez. Uma poética e sua micropaisagem; narrativas da opressão, da solidão e da decadência; um escritor, aprendiz de feiticeiro, mirando a criança que desenha uma outra pastoral.

O que cabe nos 40 anos de desaparecimento de Carlos de Oliveira? A existência de um inesperado espólio e a visão de sua oficina de trabalho literário: escrita, reescrita e leitura em movimento; a permanência vigorosa de uma obra que é pronunciamento ético e construção estética, e que segue sendo lida, pensada, revisitada.

Em 2021, a Revista Metamorfoses celebra Carlos de Oliveira com um número especial dedicado à sua obra. Serão bem-vindos estudos sobre a sua poesia e a sua prosa, bem como leituras da sua produção em diálogo com pares literários e com outras expressões artísticas que tenham sido referenciais para sua criação, como a pintura e o cinema. Pensar afinal o escritor e a obra em suas demandas, em suas trilhas de trabalho, seguir seu olhar sobre o tempo que lhe coube viver.

A revista “Metamorfoses”, atenta à produção crítica nas Literaturas de Língua Portuguesa, também recebe, em fluxo contínuo, resenhas de livros (de livre escolha), publicados nos dois últimos anos, ensaios e entrevistas com escritores e ensaístas. As normas para publicação encontram-se na página da revista. Prazo para envio de trabalhos: 31 de agosto de 2021.

Editora-Gerente: Luci Ruas (UFRJ)

Editores convidados: Mônica Genelhu Fagundes (UFRJ) e Ida Alves (UFF)

 

OUTRAS ATIVIDADES

  • Viagem Literária Carlos de Oliveira entre Coimbra e a Gândara

https://www.cm-cantanhede.pt/mcsite/evento/2810/

 

  • Exibição de filme

No âmbito das comemorações do centenário do escritor Carlos de Oliveira, será exibido amanhã, dia 7 de Julho, pelas 21h, em Cantanhede, o filme “Sobre o lado esquerdo” de Margarida Gil.

Documentário sobre o universo literário de Carlos de Oliveira reconstituído em estúdio com os seus objectos pessoais e os seus manuscritos, procurando abordar a forma como retratou a Gândara.

O filme será apresentado por Nuno Caldeira da Câmara Municipal de Cantanhede.
No final da exibição do filme haverá uma pequena conversa guiada por Bruno Fontes, investigador e critico de cinema.

A entrada é gratuita.
Uma organização do CineClub Bairrada em parceria com a Grande Coisa.

Será lançada em 24 de agosto de 2021 a primeira antologia brasileira da poesia de Carlos de Oliveira. Será on line, no canal YouTube do Programa de Pós-Graduação Estudos de Literatura UFF. Em breve, divulgaremos o link direto.